domingo, 14 de dezembro de 2014

COLUNISTA DA FOLHA DE SÃO PAULO COBRA MAIS SERIEDADE E RESPONSABILIDADE DE IGUALDADES NAS DENÚNCIAS DA "OPERAÇÃO LAVA JATO" - MAIS ABAIXO UMA EXCELENTE ENTREVISTA COM NOSSO GOVERNADOR ELEITO, FERNANDO PIMENTEL...

FCO.LAMBERTO FONTES
Trabalha em JORNALISMO INTERATIVO
 em ARAXÁ / MG.
1 blog - 1 página - + de 30 grupos  -  311.127  visualizações

14 DE DEZEMBRO DE 2014
JANIO DE FREITAS
QUESTIONA MORO:
E A ODEBRECHT? E A
ANDRADE GUTIERREZ?
Colunista Janio de Freitas, da Folha de S. Paulo, estranha por que duas das maiores empreiteiras do País, citadas nas investigações da Lava Jato e nas delações premiadas, estão sendo poupadas; "Até que altura o jato alcançará as empreiteiras é uma boa curiosidade. Mas, no mesmo capítulo, há pelo menos outra de igual gabarito: a Odebrecht e a Andrade Gutierrez, que formam com a Camargo Corrêa o trio das maiores, dominadoras das obras públicas e das privatizações e concessões, não são molhadas nem por um jatinho?", questiona o jornalista, citando as empresas comandas por Marcelo Odebrecht e Otávio Azevedo

247 - O jornalista Janio de Freitas, colunista da Folha de S. Paulo, levanta uma questão intrigante. Por que duas megaempreiteiras, a Odebrecht e a Andrade Gutierrez, estão sendo poupadas na Operação Lava Jato, mesmo tendo sido fartamente citadas nas investigações da Lava Jato e nas suas delações premiadas (leia em Curiosidades a jato).
"Até que altura o jato alcançará as empreiteiras é uma boa curiosidade.
Mas, no mesmo capítulo, há pelo menos outra de igual gabarito: a Odebrecht e a Andrade Gutierrez, que formam com a Camargo Corrêa o trio das maiores, dominadoras das obras públicas e das privatizações e concessões, não são molhadas nem por um jatinho?
Então temos que mudar a história econômica do Brasil desde os primórdios da ditadura", diz o jornalista.
Reportagem publicada recentemente informa que a Odebrecht, durante a campanha presidencial, procurou o senador Aécio Neves (PSDB-MG) para tentar se blindar na CPI da Petrobras (leia mais aqui).
A Andrade Gutierrez, por sua vez, é sócia do governo mineiro na Cemig e foi a maior doadora de campanha do tucano na disputa presidencial.
"O acordo de acionistas da Cemig,
desfeito por Itamar Franco,
foi refeito pelo PSDB,
em benefício dos sócios privados".
MINAS

PIMENTEL:

AÉCIO VAI SE ARREPENDER 

DE CRÍTICA AO PT

"Em política a gente deve relevar um pouco o momento e tentar tomar distância e olhar de longe. Tenho certeza de que o senador Aécio Neves vai se arrepender desse tipo de declaração", afirmou o governador eleito em Minas Gerais, em entrevista ao jornalista Kennedy Alencar, do SBT; senador tucano, derrotado nas eleições, disse que perdeu a disputa não para um partido, mas para uma "organização criminosa"

Minas 247 – O governador eleito em Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), disse que o senador tucano Aécio Neves "vai se arrepender" do que disse em relação ao PT.
Derrotado nas eleições presidenciais, o parlamentar afirmou que não perdeu a disputa para um partido, mas para uma "organização criminosa".
"Em política a gente deve relevar um pouco o momento e tentar tomar distância e olhar de longe.
Tenho certeza de que o senador Aécio Neves vai se arrepender desse tipo de declaração", disse Pimentel, em entrevista ao jornalista Kennedy Alencar, do SBT.
"A última vez que me acusaram de ser participante de uma organização criminosa foi no tempo da ditadura militar.
Certamente, os partidos políticos não são organizações criminosas.
O nosso não é.
O do senador também não é.
Todos os partidos políticos brasileiros hoje estão sujeitos a algum tipo de avaliação negativa em função das denúncias surgidas com o processo da Petrobras. Todo mundo ali, de alguma forma, vai sair machucado", acrescentou o petista.
Leia aqui a íntegra.

OU ASSISTA AQUI EM VÍDEO:
video