terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

MINAS GERAIS TEM TODAS AS QUALIFICAÇÕES PARA ELEGER ESTA COMO A MELHOR MARCHINHA DO CARNAVAL... AH! É SIM... AH! É SIM...

PUBLICADO EM 15/02/14

CRIATIVIDADE

Baile do Pó Royal
é eleita a melhor marchinha
no Concurso Mestre Jonas
Concurso contou também com seleção da melhor fantasia de Carnaval;
todos os vencedores irão se apresentar na Banda Mole, o pré-Carnaval de Belo Horizonte
JULIANA BAETA

video
  
·         Baile do Pó Royal foi eleita a melhor marchinha do Carnaval 2014

         
A Marcha do Pó Royal foi eleita a melhor marchinha do Carnaval 2014
·          

Já saiu o resultado da canção vencedora do 3º Concurso de Marchinhas Mestre Jonas, em Belo Horizonte. Ao todo, foram 12 marchinhas selecionadas, das quais, a mais votada foi o Baile do Pó Royal, que premiou os autores Alfredo Jackson, Joilson Cachaça e Thiago Dibeto e intérpretes Gustavo Maguá, Oleives e Vitor Velloso, com o prêmio de R$ 5.000,00.

O segundo foi lugar foi para a marchinha Pula Catraca de Eduardo Macedo, interpretada por ele mesmo, além de Daniela Godoy, Marina Cyrino e Carlos Bolívia, que levaram o prêmio de R$ 3 mil. Já o terceiro lugar foi para a canção Carnaval, de Matheus Brant e Kdu dos Anjos, interpretada por eles, além de Lenis Rino e Leonardo Brasilino. O prêmio foi de R$ 1 mil.
As 12 canções selecionadas se apresentaram ao vivo com o acompanhamento do músico Thiago Delegado e uma banda formada por 10 músicos. O júri foi composto pelo presidente do Gres Cidade Jardim, Lee, o diretor de eventos da Belotur, Felipe Barreto, e os músicos Fabinho do Terreiro, Guto Borges e Dudu Nicácio. Já a ordem de premiação foi definida pelo público.
O concurso também premiou as melhores fantasias. Os 10 melhores trajes foram escolhidos por um juri composto pelo estilista Ronaldo Fraga, o artista plástico e coordenador do núcleo de artes da Asmare, Maurício Melo, o presidente da Fundação Municipal de Cultura, Lêonidas Oliveira, o transdress Ed Marte e o ator Gustavo Bones. Já as cinco fantasias vencedoras e premiadas com R$ 500,00 cada uma foram eleitas pelo público.
Os critérios da seleção foram a criatividade e originalidade das fantasias. Os figurinos vencedores foram o de Abaporu, de Bárbara Avelino, o Bloco do BRT, de Wester de Castro, o Bolsa Família, de Mariana Maiolini, Dorival Cayme, de Geo Cardoso e Pó Royal, de Vítor Veloso.
Além das premiações em dinheiro, as marchinhas vencedoras irão se apresentar no próximo sábado (22) nos trios elétricos do 39° desfile de pré-Carnaval da Banda Mole, na avenida Afonso Pena, passando a integrar a trilha sonora do Carnaval de rua da capital. Na ocasião, as cinco fantasias premiadas também serão apresentadas ao público.
A competição
O Concurso de Marchinhas Mestre Jonas visa homenagear o compositor, sambista e agitador de eventos com a cena da cidade, falecido em 2011, e resgatar a tradição das marchinhas de carnaval em Belo Horizonte, caminho percorrido rapidamente com sucesso.
O coordenador do concurso, Kuru Lima, destaca a importância da iniciativa para alimentar o conteúdo dos blocos de carnaval de rua da cidade. “O concurso ajuda a consolidar a trilha sonora autoral do já expressivo carnaval de rua de BH, estimulando a produção de marchinhas e valorizando a produção musical local”, avaliou. 
O projeto, realizado com recursos da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais, é uma realização da Cria Cultura, em parceria com a Rádio Inconfidência e apoio da Secretaria de Estado da Cultura de Minas Gerais e Belotur.