sábado, 23 de agosto de 2014

TENHA CONHECIMENTO PELA INFORMAÇÃO: ... BANCO ITAÚ É CONDENADO À INDENIZAR POR NEGAR FINANCIAMENTO;... CONSTITUCIONAL A VENDA DE PRODUTOS DE CONVENIÊNCIA EM FARMÁCIAS;... INADIMPLÊNCIA, CONSUMIDORES, CADASTRO NEGATIVO;... ACOMPANHE O FÓRUM SOBRE CRIMES NA INTERNET;... INDENIZAÇÃO DE TV POR CONSTRANGIMENTO À PARTICIPANTE;... E OS APLICATIVOS QUE DEVEM SER RETIRADOS DAS LOJAS VIRTUAIS...



Jornal da Justiça
21/08/2014


TJGO condena banco
a indenizar cliente por negar
financiamento sem dar justificativas
video

Lei que permite venda
de produtos de conveniência
em farmácias é constitucional
video


Inadimplência
leva consumidores ao
cadastro negativo de devedores

video


Fórum estréia cenário novo e
debate crimes praticados pela Internet

Crimes praticados por meio da internet, também conhecidos como cybercrimes, ou e-crimes, são delitos que se configuram no meio digital por meio do uso de um computador ou de uma rede de computadores. De que maneira esses crimes são desvendados? Que órgão faz esse tipo de investigação?

A quem recorrer na hipótese de ser vítima? Qual é a diferença entre "Hacker" e "Cracker"?  As respostas a todas essas perguntas você acompanha no Fórum desta semana, que estreia uma nova identidade visual, mas sempre com a proposta de abordar assuntos de interesse da sociedade e seus impactos na legislação.

Os convidados desta semana são o consultor em Tecnologia Paulo Foina e o advogado especialista em Direito Digital Fabrício Alves. “O Marco Civil veio para preencher uma espécie de vazio legislativo em relação ao uso da internet voltado à prática de crimes.

A Lei Carolina Dieckmann também é um divisor de águas nesse aspecto penal. Ela trouxe elementos para o legislador e para as autoridades públicas conseguirem punir condutas indevidas praticadas na rede”, esclarece o advogado Fabrício Alves.

Segundo Paulo Foina, o número de crimes classificados como invasão de identidade e de contas bancárias no meio digital é alto, embora pouco divulgado. “Sabemos que isso [invasão dos sistemas digitais] ocorre em grande escala, mas não temos dados precisos porque as empresas não divulgam pois isso caracteriza fragilidade”, afirma o especialista.

Quer saber mais? Então assista ao Fórum desta semana.

Exibições:
http://www.tvjustica.jus.br/

Inédito: 23/08, às 12h30.

Reapresentações: 24/08, às 18h; 26/08, às 9h30; 27/08, às 11h; e 28/08, às 12h.


Justiça condena emissora
a indenizar participante de brincadeira
em programa de TV
video


Aplicativo de publicações anônimas
na rede deve ser retirado das lojas virtuais
video