sexta-feira, 24 de outubro de 2014

O QUE AÉCIO NUNCA FEZ E USA A MENTIRA E O DINHEIRO PÚBLICO EM PROPAGANDA ENGANOSA...COMO NO DITO POPULAR: "O PIOR CEGO É ÀQUELE QUE NÃO QUER VER"...


FCO.LAMBERTO FONTES
Trabalha em JORNALISMO INTERATIVO
 em ARAXÁ/MG.
1 página - 1 blog - 18 grupos|271.413 visualizações


video

Pela Educação,
Aécio Neves NÃO!

No Dia dos Professores, profissionais de escolas e universidades estaduais tomaram as ruas de Belo Horizonte para protestar contra a situação da educação no Estado e se opor à candidatura Aécio Neves. 

Foi o ato “Pela Educação, Aécio Neves NÃO!”, em apoio à reeleição da presidenta Dilma Rousseff, motivado principalmente pelos 12 anos de terror e “Choque de indiGestão” impostos pelo governo tucano a todos os mineiros.

Os professores em Minas sequer recebem o piso nacional, instituído pela Lei Federal 11.738, de 2008. A carreira foi congelada até 2015. Um educador com 10 anos de serviços prestados e pós graduado ganha R$ 1.013,32. 

Um tratamento absurdo para aqueles que dão início à formação de todos os profissionais existentes. Este talvez seja um dos motivos pelo qual Dilma ter vencido Aécio em Minas, com 43,4% dos votos contra 39,7% do tucano.
O ato teve início na Praça da Liberdade, onde centenas de pessoas se concentraram para uma caminhada que rumou para a Praça 7, aos gritos de “Olê, olê, olê, olá… Dilma! Dilma!” e “Pela educação Aécio Não!”. 

Uma manifestação pacífica, a passeata se encerrou com um ato simbólico, com os professores queimando seus contracheques, com o salário obsceno pago a eles pelo estado.
O Deputado Rogério Correia se fez presente e falou da importância dessa movimentação, para que o Brasil saiba realmente quem é o candidato do PSDB. “Nós não podemos retroceder! É importante que o país saiba o que representaria um governo Aécio Neves para a vida dos brasileiros, principalmente os mais pobres”, pontuou o deputado.
O Dia dos Professores, que deveria ser uma data a ser celebrada, se tornou mais um dia de luta, como tem acontecido desde que os tucanos assumiram o governo do estado.
Já elegemos Fernando Pimentel como governador 
e agora precisamos fazer com que Dilma Rousseff seja reeleita 
e, com o apoio do governo federal,
transformar a realidade da Educação em Minas.