domingo, 22 de março de 2015

GERALDO VANDRÉ: PRA NÃO DIZER QUE NÃO FALEI DE FLORES...



FCO.LAMBERTO FONTES
JORNALISMO INTERATIVO DE ARAXÁ / MG / BR
  1 blog - 1 página - Twitter, + de 40 grupos no Face, + de 496 blogs e comunidades no google+, + de 376 conexões LinkedIn  -  369.980 visualizações / 27 meses

POSTADO POR  Rocir Santiago

Geraldo Vandré (1968)


GERALDO VANDRÉ
PRA NÃO DIZER
QUE NÃO FALEI DAS FLORES

Enviado em 13 de out de 2008
Geraldo Pedrosa de Araújo Dias nasceu em João Pessoa PB em 12 de Setembro de 1935. Apresentou-se num programa de calouros na Rádio Tabajara de João Pessoa quando tinha 14 anos. 
Em Nazaré da Mata, Pernambuco, onde cursava o ginásio em internato, participou de alguns shows organizados para as missões. Foi para o Rio de Janeiro RJ em 1951, e nesse mesmo ano se apresentou no programa de calouros de César de Alencar, no qual foi desclassificado. 
Aproximou-se então de Ed Lincoln, que nessa época tocava com Luís Eça, na boate do Hotel Plaza, tentando cantar nos intervalos das apresentações. Em 1955, com o pseudônimo de Carlos Dias, defendeu a canção Menina (Carlos Lyra) num concurso musical promovido pela TV-Rio. Mais tarde, o encontro com o folclorista Valdemar Henrique abriu-lhe a oportunidade de se apresentar no programa da Rádio Roquete Pinto, usando o nome Vandré, que resultou da abreviatura do nome do pai, José Vandregisilo. Cursou a Faculdade de Direito, do Rio de Janeiro, época em que participou do Centro Popular de Cultura, da extinta União Nacional dos Estudantes, onde conheceu seu primeiro parceiro, Carlos Lyra.

video

If you were living in Brazil during 1979, you were probably the happy owner of this album. I remember to have mine, as well, every musical friend I had. There is a reason, this album features for the first time the legendary song Pra Nao Dizer que Nao Falei das Flores, performed by Geraldo Vandre under a stressing situation, he knew that military police was waiting to take him under arrest. This song was forbidden by the censorships since 1968 and this album brought it back to public after long 11 years.

This is Geraldo Vandre - Geraldo Vandre (1979), for Som Maior, a compilation of Geraldo Vandre career, featuring Pra Nao Dizer que Nao Falei das Flores, also known as Caminhando. This song has a real importance, being the anthem song against the regime. I heard or read in the past that "Caminhando" had participation on government decision to establish the AI-5, which is something that I will let friends discuss in comment section. Som Maior made changes in some songs, according with Geraldo Vandre advice, making this compilation worth checking out.
Tracks include: