terça-feira, 4 de agosto de 2015

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL (MPF) APRESENTA AÇÃO DIRETA DE INCONSTITUCIONALIDADE NO SUPREMO PARA QUESTIONAR LEI SOBRE DEPÓSITOS JUDICIAIS FEITOS PELO GOVERNO DE MINAS GERAIS. - AO QUE PARECE E EVIDENCIA NAS AÇÕES DE ALGUNS DEPUTADOS DE NOSSO ESTADO, UMA CONSTANTE INTENÇÃO DE AFRONTAR A LEI MAGNA DO PAÍS. HÁ SEMPRE QUESTINAMENTOS POR LEIS INCONTITUCIONAIS FORMATADAS PELA ALMG – ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MINAS GERAIS – HÁ BEM DA VERDADE, ESTA CASA LEGISLATIVA DEVERIA TER UMA ASSESSORIA ADVOCATÍCIA ESPECIALIZADA EM DIREITOS E DEVERES CONSTITUCIONAIS PARA NÃO ESTAR SEMPRE E CONSTANTEMENTE, LEVADA À CORTE SUPREMA DO PAÍS.





FCO.LAMBERTO FONTES
Trabalha em JORNALISMO INTERATIVO
Mora em ARAXÁ/MG.

 1 blog - 1 página - Twitter, + de 40 grupos no Face, + de 496 blogs e comunidades no google+, + de 376 conexões LinkedIn  - 
   396.550 visualizações / 31 meses

  


03/08/2015

Jornal da Justiça
MPF apresenta ação direta
de inconstitucionalidade no Supremo

Depósitos judiciais (03/08/15)
video
                                                                                            
DIANTE DESTA SITUAÇÃO GERADA PELA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA 
DO ESTADO DE MINAS GERAIS, VEJA A DECISÃO DO STF:
O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), convocou audiência pública para debater o uso de depósitos judiciais para o custeio de despesas públicas. 
 Supremo Tribunal Federal convoca audiência
para debater uso de depósitos judiciais
video


E NÃO É SÓ A ALMG. À DAR MAUS EXEMPLOS
DE DESRESPEITO ÀS LEIS DE NOSSO PAÍS.
  
Relatório nacional sobre tráfico de pessoas
aponta que São Paulo e Minas Gerais
tiveram o maior número de vítimas em 2013.
ASSISTAM O VÍDEO:
Publicado em 3 de ago de 2015
video